Azálea para casaAzálea doméstica – um nome colecionável para variedades originárias de duas espécies silvestres de Azaleia-Indiana e Japonesa. Atualmente, o gênero Azalia está incluído no gênero Rhododendron, cujos representantes têm flores decorativas e precisam de condições especiais de crescimento.

A violação das regras de cuidado leva ao fato de que a planta rapidamente perde sua decoração, as folhas ficam amarelas, ficam pretas ou murcham e depois caem. Condições de cultivo inadequadas levam ao fato de que a azaléia enfraquece, diminui sua resistência e se torna alvo de doenças.

Fatores que levam ao fato de que a azálea libera folhas podem ser:

  • mecânico;
  • químico;
  • biológico;
  • fisiológico;
  • climático.

Às vezes, a perda de folhagem é causada por várias causas que agem simultaneamente, por exemplo, incompatibilidade climática e pragas ou infecções.

Fatores fisiológicos

Ao crescer rododendros, deve-se lembrar que estas são plantas sazonais, e mesmo com os devidos cuidados, ausência de doença e bem-estar, a azálea doméstica perde parcialmente a folhagem. Este é um processo natural – afinal, até as plantas perenes devem renovar a folhagem. Neste caso, variedades originárias da azaléia do japonês (rododendro japonês) perdem mais folhas do que variedades, cujo ancestral selvagem era a azálea da Índia.
A perda natural ou fisiológica da folhagem, em uma planta saudável, ocorre após a floração, durante um período de descanso. Os processos metabólicos internos nos tecidos diminuem, mas as folhas da azaléia caem apenas parcialmente. Neste caso, no lugar das folhas caídas, formam-se botões dormentes. Com o início da vegetação, novas folhas se desenvolvem a partir desses rins, que duram de 2 a 4 anos.

Fatores Quimicos

A causa de uma queimadura tóxica em uma planta pode ser uma substância venenosa que caiu acidentalmente no substrato ou nas folhas. Mas geralmente, queimaduras químicas de rododendros são obtidas de excesso de irrigação por fertilizantes. Os sintomas do excesso de produtos químicos podem ser expressos no fato de que a azálea lança folhas e às vezes murcha e morre.

Fertilizar azaléia com muito cuidado, guiado pela regra: “falta de adubação – melhor que o excesso”.

Outro fator químico é a acidez do solo. Todos os representantes da família Heather precisam de solo muito ácido – pH 3,5-4,5. Quando regar com água, os componentes do solo são gradualmente lavados, e o substrato muda de acidez, tornando-se fracamente ácido ou neutro. A planta não recebe a nutrição da raiz necessária, porque os fungos microscópicos do solo que asseguram a atividade vital da azálea morrem. Como conseqüência – as azáleas caem folhas e flores não são formadas.

Como evitar: a planta deve ser regada com água ligeiramente acidificada, ou microelementos especiais.

Related  Cresça no quarto um arbusto de chá – uma camélia chinesa

Fatores climáticos

Conteúdo errado de azaléia leva a queda de folhagemAs azáleas preferem cultivar lugares frescos, com alta umidade do ar (70-82%). A uma temperatura elevada (acima de 20 graus) e ar seco, a azálea lança folhas e flores. E também pára de penhorar novos botões de flores.

Como evitar: contêm azaléia em alta umidade e temperatura de 12-16 graus, durante a floração, durante o repouso, a temperatura ainda é reduzida (mas não abaixo de +5).

A irrigação insuficiente, ou a sua ausência prolongada, também pode levar ao fato de que a azaléia vai soltar as folhas. Neste caso, você precisa encurtar os brotos um pouco e voltar a regar.

Fatores Biológicos

As razões pelas quais a azálea murcha, ou porque as folhas caem repentinamente, podem ser devidas a:

  • infecções fúngicas (os patógenos mais comuns de plantas com flores);
  • doenças virais;
  • doenças causadas por bactérias;
  • pragas do solo que danificam o sistema radicular;
  • parasitas que prejudicam apenas a parte aérea.

Os pré-requisitos para o desenvolvimento de todas as doenças fúngicas que levam ao murchamento da planta são o aumento da umidade do substrato, a má drenagem e a diminuição da temperatura. Podridão da raiz de rododendros, traqueomicose, requeima (raiz). Fusarium fusariose doença – leva a um escurecimento das folhas e brotos de azaléia.

Medidas de controle. Medidas preventivas são mais eficazes contra doenças fúngicas – para monitorar a condição do coma terrestre e o estado de saúde da planta. O solo da azálea não deve secar, mas não deve estar muito úmido. Nos primeiros sinais de infecções fúngicas, os ramos doentes são removidos e a azálea é tratada com uma solução fungicida. Se for um fungo do solo, então você precisa substituir o substrato e tratar as raízes com uma solução desinfetante (uma solução fraca de permanganato de potássio serve).

Related  Tipos de pahistahis e peculiaridades de seu crescimento em casa

Ácaro aranhaUma praga comum de azálea doméstica – os ácaros, faz com que as folhas da planta se enruguem, fiquem amareladas, desbotem e caiam. Com uma lesão forte, a azálea murcha, e não é possível salvá-la.

Medidas de controle. Nos primeiros sinais do aparecimento do parasita (teia de aranha nas folhas, murchando folhas e flores) considere usar a lupa a superfície inferior da folha. Os carrapatos são muito pequenos, nem sempre são visíveis a olho nu. Se a praga for encontrada, a planta precisa ser tratada com uma preparação acaricida de 2 a 3 vezes (o intervalo entre os tratamentos é de 3 a 5 dias).

Medidas preventivas: polvilhe folhas – o ácaro reproduz em um clima quente e seco.

TripesA derrota de tripes – pequenos insetos – leva ao murchamento das folhas e, em lesões severas, as folhas da azálea se tornam negras. Em contraste com a lesão fúngica que causa a cor preta, quando infectadas com tripes, as folhas permanecem secas. Os tripes são uma das pragas mais perigosas, que são muito difíceis de combater, devido à sua resistência a algumas drogas inseticidas.

Medidas de controle. Várias vezes tratam a planta com um inseticida especial projetado para matar os tripes. É necessário substituir o substrato, desinfetar o vaso de flores e as raízes da planta.

EscudoO escudo é outra praga que causa a murcha e a queda das folhas na azálea. O inseto se parece com um pequeno ponto oval convexo que é fácil de limpar mecanicamente. A cor desta praga pode variar dependendo da espécie. Como regra, as azáleas são afetadas por uma crosta marrom e marrom avermelhada, menos freqüentemente verde.

Medidas de controle. Na fase inicial da lesão, basta limpar as folhas com um cotonete embebido em água com sabão. Em seguida, lave a planta com água.

Related  Que cuidados o hibisco precisa em casa?

Em lesões graves, 2-3 vezes tratar o rododendro com um inseticida. É imperativo mudar o substrato, porque os ovos da bainha permanecerão nele e a infecção voltará a ocorrer em breve.

Você pode usar drogas que são absorvidas nos tecidos vegetais e permanecer lá. Azálea não faz mal, e a bainha, sugando o suco envenenado das células, vai morrer.

Para garantir que a azaleia doméstica permaneça atraente e saudável, além de criar condições climáticas adequadas, é necessário observar medidas preventivas e não deixar a planta desacompanhada, a fim de identificar as pragas no tempo.

Vídeo sobre o crescimento de uma bela casa de azálea